Hemicelulose
31 de Outubro de 2015
Lignina
31 de Outubro de 2015
Mostrar tudo

Índice de Peróxido

O peróxido mais conhecido e principal composto de partida na síntese de outros peróxidos é o peróxido de hidrogênio (H2O2). Hoje em dia pode ser obtido por auto-oxidação de naftoidroquinona.

Antigamente se utilizava a formação de peróxido de bário ou a hidrólise de persulfatos que por sua vez se geravam por eletrólise de sulfatos em dissolução aquosa com altas densidades de corrente por superfície do eletrodo.

Muitas substâncias orgânicas podem converter-se em hidroperóxidos em reações de auto-oxidação em presença de luz e oxigênio atmosférico.

Especialmente perigoso é a formação a partir de éteres já que estes se transformam muito facilmente e os peróxidos podem ser enriquecidos no resíduo de uma posterior destilação. Nisto podem produzir explosões muito fortes. Muitos dos acidentes mais trágicos de laboratório se devem a este tipo de reação.

Portanto antes de destilar quantidades maiores destes dissolventes há de se provar a presencia de peróxidos com papel impregnado de iodeto de potássio e amido. A formação de uma cor azulada escuro indica a presença de peróxido. (O peróxido oxida o iodeto a iodo elementar que, por sua vez, forma com o amido um complexo de inclusão de cor característica escura).
Presença.

Os peróxidos se formam em pequenas doses em muitos processos de oxidação natural. Para evitar sua acumulação a concentrações daninhas os organismos podem dispor de uma enzima – a catalase – que cataliza a decomposição do peróxido de hidrogênio em água e oxigênio elementar.
Aplicações.

As aplicações dos peróxidos são muito versáteis. Passam do uso em cabelos onde se empregam em tinturas para clarear o cabelo até em combustíveis de foguetes.

Na indústria química se utilizam na obtenção dos epóxidos, em diversas reações de oxidação, como iniciadores de reações radicais por exemplo para endurecer poliésteres ou na fabricação do glicerol a partir do álcool hidroxipropanóico.

O ácido peroxo trifluoroacético (F3C–C(=O)–O–O–H) é um desinfetante muito potente e se emprega como tal na indústria farmacêutica.

Seja para esta ou demais técnicas a Labornutri esta a inteira disposição para lhe auxiliar em sua análise, deixando nossa Equipe a inteira disposição para que consulte-nos sobre suas dúvidas e outras analises, temos convenio com laboratório de Microbiologia, Solos e de Micro minerais, entre em Contato agora mesmo ou nos acione nos contatos abaixo.